0
pt
US
X
× SuperSmart Informar-se por pergunta de saúde Artigos novos Artigos populares Visitar a nossa loja A minha conta Smart Prescription Blog Programa de fidelização Idioma: Português
Digestão e Conforto oro-gastrointestinal Listas

5 bons conselhos para atenuar o refluxo gástrico de forma natural

O refluxo gastroesofágico (RGO) é um problema relativamente comum, acentuado pelo consumo de determinados alimentos ou pelo aumento de peso. Eis alguns conselhos para o atenuar ou até para o eliminar.
Mulher sentada que sofre de refluxo gástrico com subidas de gases ácidos
O refluxo gástrico (subidas da gases ácidos, azia…) pode revelar-se muito penoso no quotidiano.
Rédaction Supersmart.
2020-12-29Comentários (0)

O refluxo gastroesofágico (RGO), um problema a vigiar

De acordo com a Société nationale française de gastro-entérologie (SNFGE) (1), a associação médica das doenças e cancros do aparelho, 10% da população sofre regularmente de refluxo gastroesofágico.

Regra geral, o refluxo gastroesofágico surge quando a acidez excessiva dos sucos gástricos existentes no estômago provoca uma subida desses sucos do estômago para o esófago.

Este problema da digestão é igualmente acentuado pelas disfunções da parte inferior do esófago, nomeadamente ao nível do diafragma e do esfíncter do esófago, um pequeno músculo em forma de anel cuja função é justamente impedir o refluxo.

Ainda de acordo com a SNFGE, toda a gente tem este tipo de problema de digestão de vez em quando. O refluxo gastroesofágico só se torna problemático e é considerado pelos médicos como sendo patológico quando provoca lesões ou sintomas ao nível do esófago.

Na realidade, o refluxo gastroesofágico pode provocar inúmeros problemas, tais como sensações de azia, um incómodo a nível torácico ou ao nível das mucosas, etc. Além disso, este fenómeno pode estar na origem de problemas mais graves, como a proliferação de células corrompidas.

É por esta razão que o refluxo gastroesofágico é um problema que deve ser vigiado e contra o qual convém lutar.

Quais são as causas do refluxo gastroesofágico?

A SNFGE afirma de forma categórica que “o aumento de peso é um fator significativo de surgimento de refluxo gastroesofágico, mesmo que a pessoa não tenha excesso de peso.” Isto porque “a obesidade” abdominal exerce uma pressão excessiva no estômago e no esfíncter, fragilizando dessa forma a barreira natural e propiciando o refluxo.

Por outro lado, existem outros elementos exteriores que podem acentuar o refluxo, como o consumo de alimentos demasiado ácidos e mal tolerados, o consumo excessivo de alimentos fermentescíveis, etc.

Os sintomas de refluxo gástrico

Azia, regurgitações ácidas, desconforto a nível torácico, sensações de obstrução da garganta, etc. são os sintomas evidentes de refluxo gástrico.

Como aliviar este refluxos gastroesofágicos?

Em primeiro lugar, os gastroenterologistas recomendam sempre tratar o refluxo gástrico adotando algumas regras de higiene-dietética simples (3). Isto antes de considerar qualquer tratamento medicamentoso.

1) Fracione as suas refeições

As refeições demasiado copiosas enchem excessivamente o estômago. Originam uma pressão demasiado intensa no esfíncter do estômago, que não consegue manter a sua tensão e deixa então passar os sucos gástricos.

A solução consiste em fazer refeições leves e complementá-las com lanches ao longo do dia para evitar cair em hipoglicemia.

2) Não se deite imediatamente depois de ter comido

A digestão é um processo que demora tempo (em média 8 horas). Por isso, o ideal é dar tempo para que o estômago se esvazie antes de se deitar. A posição deitada – devido à gravidade – exerce também pressão sobre o estômago e, por conseguinte, sobre o respetivo esfíncter, o que propicia o refluxo gástrico. Ao ter o cuidado de não se deitar (para a noite ou para fazer uma sesta) menos de duas horas após uma refeição, limitamos os riscos de refluxo gástrico.

3) Siga uma dieta para perder peso

Como o peso é um fator decisivo de refluxo gástrico, é crucial – para lutar eficazmente com o refluxo – fazer uma dieta para perder peso. Atividade física, défice calórico, consumo de alimentos ricos em fibras solúveis e de alimentos ricos em proteínas magras, etc. são várias soluções para perder peso. Demore também o seu tempo a mastigar bem para evitar sobrecarregar o estômago demasiado rápido e para dar tempo ao cérebro de desencadear a sensação de saciedade.

4) Identifique e depois elimine os alimentos que levam a um agravamento do refluxo

Para sua informação, os alimentos a evitar são geralmente os pratos com molho, os pratos com especiarias, as carnes gordas (costeletas e entrecosto de porco, costeletas de borrego...), a charcutaria, o camembert, a manteiga, a compota, os bolos, o chocolate, as bebidas gasosas, o álcool... Os pratos demasiado gordos, nomeadamente, demoram muito tempo a digerir; as matérias gordas ficam durante muito tempo no estômago, fragilizando o esfíncter e propiciando o refluxo.

Pelo contrário, é conveniente privilegiar os legumes cozidos, as frutas (preferencialmente fora das refeições), as carnes magras (frango, coelho...), o arroz, a água mineral...

Contudo, é difícil categorizar de forma definitiva os alimentos que provocam ou não refluxo gástrico. Na verdade, os fatores de refluxo gástrico variam muito consoante os indivíduos. Por conseguinte, se sofre de refluxo gástrico, o que lhe aconselhamos fazer é que identifique você mesmo os alimentos que o propiciam ou não, por forma a saber quais deve banir e quais deve privilegiar.

5) Descubra as substâncias naturais mais eficazes

Passemos, por último, em revista as substâncias que podem ajudar a atenuar este desconforto gastroesofágico. O alginato de sódio, em primeiro lugar, é conhecido por formar uma espécie de gel protetor que flutua à superfície dos sucos gástricos, ajudando assim a neutralizar os efeitos incomodativos nas mucosas (4).

O bicarbonato de soda e o carbonato de cálcio, por seu lado, contribuem para reduzir a acidez dos sucos gástricos (dado que são compostos com pH base). Alguns extratos de plantas contribuem igualmente para a boa saúde digestiva, como o olmo vermelho ou o alcaçuz (contido no nosso suplemento DGL para a proteção do estômago) (5-6).

A maioria destas substâncias foram reunidas num suplemento único chamado Anti-Acid Reflux Formula.

Lembramos que o gengibre, por seu lado, é também usado tradicionalmente para contribuir para uma boa saúde digestiva (Super Gingerols) (7).


Concluindo, para lutar eficazmente contra o refluxo gastroesofágico basta, geralmente, seguir alguns conselhos de higiene-dietética simples de aplicar, aos quais se podem acrescentar suplementos alimentares reputados por propiciar uma boa saúde digestiva.

Referências

  1. https://www.snfge.org/content/reflux-gastro-oesophagien-rgo
  2. https://www.snfge.org/sites/default/files/SNFGE/Bibliotheque_scientifique/traitement_du_rgo.pdf
  3. https://www.nejm.org/doi/full/10.1056/nejm199903183401101
  4. https://eurekasante.vidal.fr/medicaments/vidal-famille/medicament-gp5743-ALGINATE-DE-SODIUM-BICARBONATE-DE-SODIUM-SANDOZ-CONSEIL.html
  5. http://registerofquestions.efsa.europa.eu/
  6. http://registerofquestions.efsa.europa.eu/
  7. http://registerofquestions.efsa.europa.eu/
Se gostou, partilhe Pinterest

Comentários

Deve estar ligado à sua conta para poder deixar um comentário
Este artigo ainda não foi recomendado; seja o primeiro a dar a sua opinião
A nossa seleção de artigos
Homem sentado, que sofre de flatulência excessiva
Como evacuar os gases intestinais de forma natural?

Uma pessoa normal liberta gases cerca de 14 vezes por dia. Os gases intestinais são produtos normais da digestão, que podem tornar-se problemáticos caso sejam em demasiada quantidade, com mau cheiro ou se originarem inchaço. Como eliminá-los?

Ananás rico em bromelaína recortado sobre fundo azul
Os benefícios da bromelaína, uma excelente enzima extraída do ananás

Extraída do ananás, a bromelaína é um complexo enzimático vegetal a não perder. Descubra os nossos conselhos para tirar o melhor partido dos seus benefícios.

Sementes de psílio dourado com colher de pau
Conforto intestinal - os múltiplos benefícios do psílio

A semente de psílio é reputada por ter efeitos benéficos nos intestinos, tanto em caso de obstipação como de diarreia. Siga os nossos conselhos para tirar o melhor partido do psílio dourado ou castanho.

Mulher com dores intestinais de tipo SII ou SIBO
SII, SIBO, MICI... Compreender os problemas crónicos do intestino

Intestino irritável, SIBO, doença de Crohn, etc. Imensas pessoas sofrem regularmente de problemas intestinais. Quais são os sintomas e as causas destes problemas crónicos do aparelho digestivo? E quais as soluções para eles?

fotografia de uma tisana para a digestão
As 5 melhores plantas para propiciar a digestão

A fitoterapia pode ajudá-lo(a) a ter uma melhor digestão – vejamos cinco plantas das mais eficazes, os respetivos benefícios e como as consumir.

Fotografia de uma pessoa à procura de algo no frigorífico
Os probióticos devem ser conservados no frigorífico? Sim ou não?

São cada vez mais os clientes que nos fazem esta pergunta. Os probióticos devem ser conservados no frigorífico para sobreviver? E, se sim, o envio desses mesmos probióticos por via postal pode ser fatal para eles?

Estes produtos devem interessar-lhe

Probio Forte™Probio Forte™

Potente mistura de probióticos; 8 mil milhões de microrganismos por cápsula Em DR Caps™ gastro-resistentes para uma eficácia ideal

29.00 €(35.13 US$)
+
H. Pylori Fight  200 mgH. Pylori Fight 200 mg

O tratamento natural contra Helicobacter pylori

28.00 €(33.92 US$)
+
Digestive EnzymesDigestive Enzymes

Fórmula digestiva superpotente com espectro exaustivo. Agora em DR caps™ gastro-resistentes.

30.00 €(36.34 US$)
+
Anti-Acid Reflux FormulaAnti-Acid Reflux Formula

A combinação natural incontornável contra o refluxo

35.00 €(42.40 US$)
+
Lactobacillus rhamnosus GGLactobacillus rhamnosus GG

Contribui naturalmente para a manutenção da flora intestinal e da flora vaginal.

23.00 €(27.86 US$)
+
-60%
FlavoFight 250 mg FlavoFight 250 mg

Flavobióticos para melhorar a flora e a imunidade intestinais

13.60 €34.00 €(16.48 US$)
+
Zinc L-carnosine 37,5 mgZinc L-carnosine 37,5 mg

Complexo patenteado zinco-carnosina, protege o estômago da vários tipos de agressões.

25.00 €(30.29 US$)
+
Mastic Gum 500 mgMastic Gum 500 mg

Alivia as dores de estômago e ajuda a controlar a H.Pylori

32.00 €(38.77 US$)
+
© 1997-2021 Supersmart.com® - Reservados todos os direitos de reprodução
© 1997-2021 Supersmart.com®
Reservados todos os direitos de reprodução
Nortonx
secure
Warning
ok