0
pt
US
X
× SuperSmart Informar-se por pergunta de saúde Artigos novos Artigos populares Visitar a nossa loja A minha conta Smart Prescription Blog Programa de fidelização Idioma: Português
Digestão e Conforto oro-gastrointestinal Guias e tutorials

SII, SIBO, MICI... Compreender os problemas crónicos do intestino

Intestino irritável, SIBO, doença de Crohn, etc. Imensas pessoas sofrem regularmente de problemas intestinais. Quais são os sintomas e as causas destes problemas crónicos do aparelho digestivo? E quais as soluções para eles?
Mulher com dores intestinais de tipo SII ou SIBO
Descubra os pontos comuns e as diferenças entre SII, SIBO e MICI.
Rédaction Supersmart.
2020-08-03Comentários (0)

A SII (síndrome do intestino irritável) também conhecida por SCI (síndrome do cólon irritável)

Quais são os sintomas da SII?

A síndrome do intestino irritável (SII), também conhecida por colopatia funcional do síndrome do cólon irritável (SCI), é uma patologia do tubo digestivo que está na origem de dores abdominais crónicas. Estas crises de espasmos ou de cãibras estão geralmente associadas a inchaços desconfortáveis e a problemas de trânsito intestinal (diarreia ou obstipação).

Esta síndrome afetaria 5 a 15% da população. Repare que o fenómeno afeta em especial as mulheres, com 2 a 3 mulheres para cada homem (1).

Esta sensibilidade acrescida do intestino provoca inúmeros desconfortos nas pessoas afetadas, tanto no plano fisiológico como psicológico. A SII (ou IBS nos países anglo-saxónicos, que significa Irritable Bowel Syndrome) é por vezes acompanhada de dores de cabeça ou fadiga, ou ainda de um sentimento de isolamento, perturbações do sono, disfunção sexual, etc. (2)

Contudo, esta “doença funcional” é benigna; não acentua os riscos de ter um cancro do cólon e não parece diminuir a esperança de vida.

As causas da síndrome do intestino irritável

Consoante os casos, a SII parece ser provocada:

De entre os fatores que desencadeariam geralmente crises, citemos:

Quais as soluções em caso de SII?

Não existe tratamento definido para tratar a SII. Atualmente, as soluções disponíveis visam simplesmente reduzir a frequência e a intensidade dos sintomas. Convidamos as pessoas que sofrem de SII a consultar o médico de família, que poderá analisar a sua situação específica e eventualmente receitar-lhes medicamentos adequados (antidiarreicos, laxantes, antidepressivos com teor antálgico, etc.)

Por outro lado, regra geral aconselhamos às pessoas afetadas por esta síndrome:

A SIBO ou CBCG (colonização bacteriana crónica do intestino delgado)

Quais são os sintomas da SIBO?

SIBO é o acrónimo de Small Intestinal Bacterial Overgrowth, ou seja “colonização bacteriana crónica do intestino delgado” (CBCG), em português. Lembramos que o aparelho digestivo de qualquer adulto saudável contém um vasto conjunto de microrganismos designado microbiota intestinal. Esta flora microbiana é indispensável à digestão e ao organismo em geral. Em caso de SIBO, uma quantidade significativa de bactérias e de vírus chega ao intestino delgado e reproduz-se.

A presença destes hóspedes indesejáveis provoca um início precoce do processo de fermentação dos alimentos, que aumenta a produção de gases intestinais: hidrogénio, metano... A SIBO manifesta-se assim, à semelhança da SII, por inchaços, flatulências, espasmos digestivos, refluxos ou ainda problemas de trânsito intestinal.

Além disso, esta doença provoca geralmente uma degradação da parede intestinal, uma má digestão dos glúcidos e uma má absorção dos nutrientes (na origem de várias carências), sendo estes últimos açambarcados pelos micróbios. Como no caso da SII, a SIBO pode também dar lugar a uma série de problemas associados: fadiga crónica, depressão, défices de atenção...

Note que esta doença do microbiota está largamente subdiagnosticada, pois é pouco conhecida dos médicos, exceto nos países anglo-saxónicos (10). Em França, foi popularizada pela jornalista e blogger Dora Moutot, através do seu livro À fleur de pet - le 1er livre sur la maladie des hyperballonnés qui ont le microbiote à l'envers (2019) (11).

As causas desta proliferação de bactérias no intestino delgado

A SIBO pode ser provocada por:

Quais as soluções em caso de SIBO?

As pessoas que pensam sofrer de uma SIBO são, obviamente, aconselhadas a consultar um médico, que – após a confirmação do diagnóstico – poderá, por exemplo, prescrever antibióticos para tentar pôr termo à pululação bacteriana. Em caso de SIBO, existem igualmente vários truques naturais complementares:

As DII: doença de Crohn e retocolite hemorrágica

Quais são os sintomas das DII?

Terminamos o nosso apanhado deste conjunto de problemas intestinais crónicos falando das DII, ou seja, as doenças inflamatórias do intestino. Também são designadas IBD, em virtude da nomenclatura inglesa: Inflammatory Bowel Diseases.

O acrónimo DII, ou IBD, abrange duas patologias com semelhanças, mas distintas: a doença de Crohn (também designada ileíte regional) e a retocolite hemorrágica (também conhecida como colite ulcerosa).

Em primeiro lugar, ambas têm em comum a inflamação da parede do tubo digestivo. No caso da retocolite hemorrágica, esta inflamação verifica-se especificamente ao nível do reto e do cólon. As DII podem provocar desconfortos abdominais, diarreias recorrentes ou ainda abcessos no ânus.

Aumentam também o risco de desenvolver um cancro colorretal (22).

As causas da doença de Crohn e da retocolite hemorrágica

Desde 1945, as DII têm aumentado constantemente na população. Este fenómeno ficaria a dever-se:

Quais as soluções em caso de doença inflamatória crónica do intestino?

Também neste caso, não existe um verdadeiro tratamento para tratar as DII. O que se faz é um determinado controlo da doença:

Referências

  1. Kim YS, Kim N. Sex-Gender Differences in Irritable Bowel Syndrome. J Neurogastroenterol Motil. 2018;24(4):544-558. doi:10.5056/jnm18082
  2. Sørensen J, Schantz Laursen B, Drewes AM, Krarup AL. The Incidence of Sexual Dysfunction in Patients With Irritable Bowel Syndrome. Sex Med. 2019;7(4):371-383. doi:10.1016/j.esxm.2019.08.010
  3. Moayyedi P, Andrews CN, MacQueen G, et al. Canadian Association of Gastroenterology Clinical Practice Guideline for the Management of Irritable Bowel Syndrome (IBS). J Can Assoc Gastroenterol. 2019;2(1):6-29. doi:10.1093/jcag/gwy071
  4. Varjú P, Farkas N, Hegyi P, et al. Low fermentable oligosaccharides, disaccharides, monosaccharides and polyols (FODMAP) diet improves symptoms in adults suffering from irritable bowel syndrome (IBS) compared to standard IBS diet: A meta-analysis of clinical studies. PLoS One. 2017;12(8):e0182942. Published 2017 Aug 14. doi:10.1371/journal.pone.0182942
  5. Caviezel D, Maissen S, Niess JH, Kiss C, Hruz P. High Prevalence of Vitamin D Deficiency among Patients with Inflammatory Bowel Disease. Inflamm Intest Dis. 2018;2(4):200-210. doi:10.1159/000489010
  6. Bundy R, Walker AF, et al. Turmeric extract may improve irritable bowel syndrome symptomology in otherwise healthy adults: a pilot study. J Altern Complement Med. 2004 Dec;10(6):1015-8
  7. Moayyedi P, Andrews CN, MacQueen G, et al. Canadian Association of Gastroenterology Clinical Practice Guideline for the Management of Irritable Bowel Syndrome (IBS). J Can Assoc Gastroenterol. 2019;2(1):6-29. doi:10.1093/jcag/gwy071
  8. Moayyedi P, Andrews CN, MacQueen G, et al. Canadian Association of Gastroenterology Clinical Practice Guideline for the Management of Irritable Bowel Syndrome (IBS). J Can Assoc Gastroenterol. 2019;2(1):6-29. doi:10.1093/jcag/gwy071
  9. Johannesson E, Ringström G, Abrahamsson H, Sadik R. Intervention to increase physical activity in irritable bowel syndrome shows long-term positive effects. World J Gastroenterol. 2015;21(2):600-608. doi:10.3748/wjg.v21.i2.600
  10. Mark Beattie, « Bacterial overgrowth », Oxford Medicine Online,‎ septembre 2018 (DOI 10.1093/med/9780198759928.003.0040, lire en ligne [archive], consulté le 10 janvier 2019)
  11. https://www.youtube.com/watch?v=Gjsga5DlOZY
  12. Ardesia M, Villanacci V, Fries W. The agedgut in inflammatoryboweldiseases. Minerva GastroenterolDietol. 2015 Dec;61(4) 235-247. PMID: 26603728.,
  13. Gabbard, SL ,Lacy, BE , Levine, GM , Crowell, MD . The Impact of alcoholconsumption and cholecystectomy on small intestinal bacterialovergrowth. Dig Dis Sci. 2013.
  14. Ghoshal UC, Shukla R, Ghoshal J. Small intestinal bacterialovergrowth and irritable bowelsyndrome: a bridge betweenfunctionalorganicdichotomy. Gut liver. 2017;11(2):196-208.
  15. Andrea Michielan, Renata D’Incà, 2015, Review Article : Intestinal Permeability in Inflammatory Bowel Disease : Pathogenesis, Clinical Evaluation, and Therapy of LeakyGut,Volume 2015, Article ID 628157, 10 p., https://doi.org/10.1155/2015/628157
  16. PyndtJørgensen, B., Winther, G., Kihl, P., Nielsen, D., Wegener, G., Hansen, A., &Sørensen, D. (2015). Dietarymagnesiumdeficiency affects gutmicrobiota and anxiety-like behaviour in C57BL/6N mice. Acta Neuropsychiatrica, 27(5), 307-311. doi:10.1017/neu.2015.10
  17. Khalighi AR, Khalighi MR, Behdani R, et al. Evaluating the efficacy of probiotic on treatment in patients withsmall intestinal bacterial overgrowth (SIBO)--a pilot study. Indian J Med Res. 2014;140(5):604–608.
  18. Devinder Dhingra, Mona Michael, Hradesh Rajput et R. T. Patil, « Dietary fibre in foods: a review », Journal of Food Science and Technology, vol. 49, no 3,‎ 12 avril 2011, p. 255–266 (ISSN 0022-1155 et 0975-8402, DOI 10.1007/s13197-011-0365-5, lire en ligne [archive], consulté le 10 janvier 2019)
  19. Yu ZC, Cen YX, Wu BH, et al. Berberine prevents stress-induced gut inflammation and visceral hypersensitivity and reduces intestinal motility in rats. World J Gastroenterol. 2019;25(29):3956-3971. doi:10.3748/wjg.v25.i29.3956
  20. Clark AK, Haas KN, Sivamani RK. Edible Plants and Their Influence on the Gut Microbiome and Acne. Int J Mol Sci. 2017;18(5):1070. Published 2017 May 17. doi:10.3390/ijms18051070
  21. Chang, C., Lin, C., Lu, C. et al. Ganoderma lucidum reduces obesity in mice by modulating the composition of the gutmicrobiota. Nat Commun 6, 7489
  22. Söderlund S, Granath F, Broström O, et al. Inflammatory bowel disease confers a lower risk of colorectal cancer to females than to males. Gastroenterology. 2010;138(5):1697-1703. doi:10.1053/j.gastro.2010.02.007
  23. Parian A, Limketkai BN. Dietary Supplement Therapies for Inflammatory Bowel Disease: Crohn's Disease and Ulcerative Colitis. Curr Pharm Des. 2016;22(2):180-188. doi:10.2174/1381612822666151112145033
  24. Li XX, Liu Y, Luo J, Huang ZD, Zhang C, Fu Y. Vitamin D deficiency associated with Crohn's disease and ulcerative colitis: a meta-analysis of 55 observational studies. J Transl Med. 2019;17(1):323. Published 2019 Sep 23. doi:10.1186/s12967-019-2070-5
  25. Ghishan FK, Kiela PR. Vitamins and Minerals in Inflammatory Bowel Disease. Gastroenterol Clin North Am. 2017;46(4):797-808. doi:10.1016/j.gtc.2017.08.011
Se gostou, partilhe Pinterest

Comentários

Deve estar ligado à sua conta para poder deixar um comentário
Este artigo ainda não foi recomendado; seja o primeiro a dar a sua opinião
A nossa seleção de artigos
Mulher relaxada a digerir a sua refeição
10 conselhos para facilitar a digestão de forma natural

Os problemas digestivos são extremamente comuns na população. Também sofre deles? Facilite a sua digestão de forma natural graças a 10 truques e recupere o seu bem-estar no quotidiano.

Sorriso com dentes amarelo ou brancos
10 truques para ter dentes brancos e saudáveis de forma natural

Questiona-se sobre como branquear e cuidar dos seus dentes de forma natural? Eis 10 conselhos a seguir para exibir um sorriso esplendoroso, digno das estrelas de Hollywood.

Raiz de gengibre, pó e cápsulas
Porquê tomar um suplemento alimentar de gengibre?

Planta indispensável da cozinha asiática, o gengibre é também utilizado na medicina tradicional chinesa há milhares de anos. Quais são os seus benefícios? Como o utilizar? Respostas neste artigo.

Mulher sentada que sofre de refluxo gástrico com subidas de gases ácidos
5 bons conselhos para atenuar o refluxo gástrico de forma natural

O refluxo gastroesofágico (RGO) é um problema relativamente comum, acentuado pelo consumo de determinados alimentos ou pelo aumento de peso. Eis alguns conselhos para o atenuar ou até para o eliminar.

Homem sentado, que sofre de flatulência excessiva
Como evacuar os gases intestinais de forma natural?

Uma pessoa normal liberta gases cerca de 14 vezes por dia. Os gases intestinais são produtos normais da digestão, que podem tornar-se problemáticos caso sejam em demasiada quantidade, com mau cheiro ou se originarem inchaço. Como eliminá-los?

Ananás rico em bromelaína recortado sobre fundo azul
Os benefícios da bromelaína, uma excelente enzima extraída do ananás

Extraída do ananás, a bromelaína é um complexo enzimático vegetal a não perder. Descubra os nossos conselhos para tirar o melhor partido dos seus benefícios.

Estes produtos devem interessar-lhe

Probio Forte™Probio Forte™

Potente mistura de probióticos; 8 mil milhões de microrganismos por cápsula Em DR Caps™ gastro-resistentes para uma eficácia ideal

29.00 €(34.39 US$)
+
H. Pylori Fight  200 mgH. Pylori Fight 200 mg

O tratamento natural contra Helicobacter pylori

28.00 €(33.21 US$)
+
Digestive EnzymesDigestive Enzymes

Fórmula digestiva superpotente com espectro exaustivo. Agora em DR caps™ gastro-resistentes.

30.00 €(35.58 US$)
+
Anti-Acid Reflux FormulaAnti-Acid Reflux Formula

A combinação natural incontornável contra o refluxo

35.00 €(41.51 US$)
+
Lactobacillus rhamnosus GGLactobacillus rhamnosus GG

Contribui naturalmente para a manutenção da flora intestinal e da flora vaginal.

23.00 €(27.28 US$)
+
FlavoFight 250 mg FlavoFight 250 mg

Flavobióticos para melhorar a flora e a imunidade intestinais

34.00 €(40.32 US$)
+
Zinc L-carnosine 37,5 mgZinc L-carnosine 37,5 mg

Complexo patenteado zinco-carnosina, protege o estômago da vários tipos de agressões.

25.00 €(29.65 US$)
+
Mastic Gum 500 mgMastic Gum 500 mg

Alivia as dores de estômago e ajuda a controlar a H.Pylori

32.00 €(37.95 US$)
+
© 1997-2021 Supersmart.com® - Reservados todos os direitos de reprodução
© 1997-2021 Supersmart.com®
Reservados todos os direitos de reprodução
Nortonx
secure
Warning
ok